LUIZ CARLOS REPUDIA AGRESSÃO DE PM A MESTRE NENÊ

O vereador Luiz Carlos (Republicanos), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Capoeira da Câmara Municipal de Salvador, repudia a abordagem violenta realizada por policiais de São Paulo contra o capoeirista Valdenir Alves dos Santos, de 45 anos, mais conhecido como Mestre Nenê.

O mestre estava na porta de casa conversando com amigos e segurando o filho de cinco anos no colo em uma rua da comunidade do Mangue, na Vila Madalena, quando em meio às buscas por um assaltante, policiais apontaram armas para ele, aplicaram um ‘mata-leão’ – golpe proibido pela corporação – o algemaram e prenderam sob acusação de desacato.

“Estamos diante de uma caso claro de abuso de autoridade. Os policiais precisam ser investigados e punidos pelo excesso.Outra questão que deve ser levantada é se houve crime de racismo. A justiça precisa ser feita. Deixo meu apoio e minha solidariedade ao Mestre Nenê”, afirmou o vereador.

A ação ocorreu no último dia 19 de agosto. O mestre foi solto após prisão do verdadeiro ladrão. Mestre Nenê é conhecido mundialmente pelo trabalho realizado em prol da capoeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *